Exclusivo americanas mais

O poder do empowerment: desburocratizar, dar autonomia às equipes e ter resultados exponenciais

Sinopse

Existem duas verdades quase universais no mundo do trabalho. A primeira é que as pessoas trabalham melhor quando estão felizes e apaixonadas; a segunda é que as pessoas produzem e inovam mais quando não são coagidas a isso. Dessa forma, surge uma questão: como motivar os funcionários para que eles se sintam satisfeitos, participativos e produtivos?
Em O poder do empowerment: desburocratizar, dar autonomia às equipes e ter resultados exponenciais, Doug Kirkpatrick responde a essa pergunta fazendo uma analogia entre empresas e bandas para desenvolver o conceito de empowerment. Imagine que uma empresa é uma banda prestes a se apresentar em público. Todos os membros são componentes importantes e essenciais, sem líderes. Todos trocam de função e ocupam todas as posições, sem exceção. É assim que deve ser em uma organização. Os funcionários devem ser livres para inovar e tomar decisões. Para isso, não é necessário grandes mudanças, basta a habilidade e a capacidade de descartar antigas formas de gestão e desenvolver a confiança.